segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Histórias de tear: Um confronto mitológico por causa da tecelagem.

Aracne, uma mortal tecelã, desafiou a deusa Atena para uma competição de tecelagem. Cometeu um erro e acabou sendo transformada em aranha. Conheça esse confronto mitológico.

O mito de Aracne. Uma briga mitológica
by Telma M.
A arte de tecer envolve uma complexa rede de simbolismos.
As diversas técnicas conhecidas têm regras básicas comuns, todas usam a idéia de fios verticais, que uma vez fixados, não há mais como mudá-los sem desmanchar o trabalho todo. O conjunto desses fios se chama Urdume e simboliza o destino, a vida.

Permeando o Urdume vai um conjunto de fios horizontais, a Trama, tida como o livre arbítrio, representado pelo movimento das navetes que vão dando forma ao trabalho, à arte do tecelão.
O tear representa as limitações às quais está sujeita a criação: Uma figura de quatro lados, representada pelas laterais e pelos rolos do tear. É dentro desse espaço que a vida deverá ser criada.
As mãos do tecelão vão trabalhando e criando a peça, escolhendo as cores, experimentando, acertando e errando, dando vida a uma ideia, a um projeto.

Na mitologia grega, Atena era a deusa guerreira nascida do cérebro de Zeus, por isso mesmo, conhecida como a deusa da sabedoria; mas era também a deusa das artes. Tecia as mais belas peças em tear e era responsável por distribuir os dons aos mortais. Atena era uma deusa que possuía uma dualidade e um antagonismo curioso: ao mesmo tempo em que era guerreira era também a deusa da beleza das artes e da tecelagem.

Aracne também era antagônica: não aceitava a ideia de que seus dons haviam sido dados pela deusa, era orgulhosa, porém capaz de exercer uma arte delicada e sensível. 
Aracne era uma mortal tecelã talentosa, porém nada modesta, que ousou desafiar os poderes da deusa Atena, o que as levou para uma competição na arte de tecer os fios.

O trabalho de Aracne ficou perfeito, mas ela cometeu um erro que desagradou Atena: representou negativamente em sua arte, as aventuras amorosas de Zeus.
Atena, descontrolada, destruiu o trabalho de Aracne e a transformou em aranha, condenada a tecer a vida toda, pendurada em sua própria teia.

Quem tiver interesse pode ler o Mito de Aracne, mais detalhadamente, no meu outro blog, o “Mentiras Veríssimas”.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Muito interessante a história sobre a Arte de Tecer - afinal, este é o Tear de retalhos!
    Fiquei fascinada com o texto, pois não conhecia a origem mitológica essa arte milenar.
    Eu, particularmente, gosto muito dos trabalhos feitos no tear. Aqui perto, em Poços de Caldas, têm alguns artesãos que expõem seus trabalhos e sua arte numa feira de artesanato no Véu da Noiva, lugar turístico local.
    Obrigada por compartilhar conhecimento, amiga Telma. Aproveito, também, para agradecer sua presença, quando do aniversário de três anos do PONTO DO POWER POINT.
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir

Seus comentários podem ajudar a melhorar o blog e também podem ajudar outros leitores.
Comente e critique se preferir..
Entretanto, eles não entrarão imediatamente, eles serão moderados.
Isso para evitar que, eventualmente, apareçam comentários ofensivos no blog.
Contamos com a sua compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...