quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Parestesia – sensação de adormecimento ou formigamento que incomoda muito

 by Telma M.
Parestesia, segundo o Dicionário Aurélio, é: Distúrbio em que o paciente acusa sensações anormais de formigamento, picada ou queimadura, não causada por estímulo exterior ao corpo. Isso equivale a dizer que o paciente sente um incômodo como se estivesse queimando, mas não há sinais de queimadura, ou como se muitas formigas picassem ou passeassem pelo corpo, mas não há nada no local.

A Wikipédia dá como explicação para parestesia o seguinte: uma sensação que ocorre na pele, espontaneamente e sem estímulos exteriores, muitas vezes porque algum nervo sensorial é afetado por contato ou lesão. É parecida com adormecimento ou formigamento nas extremidades.

Em resumo, parestesia é uma sensação incômoda de formigamento, pressão na pele, frio ou queimação que muitas pessoas não conseguem explicar com clareza, mas que provoca intenso mal-estar. Costuma dar nas mãos, braços, ou pés, mas também pode ocorrer em outras partes do corpo. Normalmente acontece sem aviso e geralmente não apresenta dor.

A parestesia pode ser temporária ou crônica.

A parestesia temporária é muito comum e acontece quando algum nervo é submetido a uma pressão constante. A parestesia temporária some quando a pressão no nervo é aliviada. Exemplo: ficar com as pernas cruzadas muito tempo ou dormir sobre os braços.

A parestesia crônica, frequentemente, é conseqüência de alguma doença neurológica ou trauma em algum nervo.
Como exemplos de causas para a parestesia crônica, podemos citar: problemas com o sistema nervoso central (derrames, isquemias, esclerose múltipla, mielite transversa, encefalite); tumores que pressionam o cérebro ou medula espinhal; danificação de um nervo periférico.

Na parestesia crônica, as sensações descritas anteriormente são constantes e é necessário um diagnóstico médico, através de exames e testes laboratoriais, para se determinar suas causas.  
O tratamento apropriado, para a eliminação dessas sensações, depende exatamente desse diagnóstico. O sucesso do tratamento está vinculado à eliminação das causas que deram origem à parestesia crônica.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Seus comentários podem ajudar a melhorar o blog e também podem ajudar outros leitores.
Comente e critique se preferir..

NOTE QUE: Como os comentários realizados vão sempre aparecendo no fim da lista, ÀS VEZES, nas postagens com grande número de comentários, será necessário clicar no "CARREGAR MAIS" ou "CARREGANDO", que está logo aí acima, para que se possa visualizar o comentário feito e suas respectivas. respostas.
Faça isso até chegar ao final da listagem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...