sexta-feira, 6 de maio de 2011

O isopor pode ser reciclado? Como jogar fora o Poliestireno Expandido?

by Roberto M.
Uma grande dúvida que sempre tenho, quando penso em coleta seletiva do lixo, é com relação ao isopor
O que é o isopor? Isopor é reciclável? Como descartar os produtos de isopor?
O poliestireno expandido (EPS), também conhecido como isopor, é encontrado hoje em dia, nas mais diversas utilizações. Desde embalagens de eletrodomésticos até revestimentos de câmaras frigoríficas.

Entretanto, esse material é muito nocivo ao meio-ambiente.
Por si só, o isopor não polui nem contamina a terra; o problema maior está nas centenas de anos que ele demora a se decompor e no grande volume que ocupa, durante todo esse tempo, nos aterros sanitários. Além disso, nos aterros sanitários, o isopor funciona como um isolante, dificultando a degradação do lixo orgânico e a expulsão dos gases resultantes da decomposição.

Mas isso só acontece devido à desinformação, falta de conscientização da população (que coloca o material no lixo comum) e às características físicas do isopor (leve e volumoso) que dificultam seu armazenamento e transporte. O seu valor comercial acaba sendo pequeno e os catadores de papel não catam o isopor que encontram pelas ruas.

Muitas pessoas e empresas por não terem onde descartar esse material acabam queimando grandes quantidades, normalmente à noite, o que agrava em muito o problema do aquecimento global e da poluição do ar.

Em vários lugares ouve-se dizer que o isopor não é reciclável.
No artigo "Como descartar corretamente os materiais recicláveis", vemos que o especialista orienta para jogar o pratinho de isopor no recipiente de não recicláveis.

Entretanto, o que pouca gente sabe é que o isopor é 100% reciclável.
Esse desconhecimento acaba por relegar essa matéria-prima preciosa ao lixo comum.
Apesar das dificuldades, há quem já esteja trabalhando com o reaproveitamento do isopor.
Na capital de São Paulo, por exemplo, já existem cooperativas que fazem a reciclagem do produto, mas a falta de conscientização da população e das empresas geradoras de embalagens de EPS, além da dificuldade logística causada pelo grande volume e pouco peso do produto, são os maiores empecilhos ao crescimento desse reaproveitamento tão necessário.

A Associação Brasileira do Poliestireno Expandido (Abrapex) vem trabalhando no sentido de tentar mudar a situação do isopor no pós-consumo. Medidas estão sendo adotadas para fechar parcerias entre a Abrapex e grandes redes varejistas para que cada uma delas funcione como ponto de recebimento do EPS levado pela população. A ação ainda é tímida, mas já existem algumas marcas conhecidas que aderiram ao programa.
A associação também vem trabalhando junto a prefeituras, para incentivar a coleta seletiva e também conscientizar as administrações e a população sobre o destino adequado do isopor.

Existem várias formas de se reciclar o isopor (mecânicas e químicas) e vários modos de utilização do material reciclado (blocos de construção, solados de sapato, colas, solvente, rodapés, molduras, cabides), mas para que se possa melhorar a reutilização do poliestireno expandido e evitar maiores danos ambientais, tanto a sociedade, como as empresas, devem se conscientizar da importância de efetuar o descarte do EPS de forma correta e não como lixo comum.

Para saber onde descartar o EPS (poliestireno expandido), entre em contato com a secretaria responsável pela coleta seletiva da prefeitura de sua cidade, ou com a Abrapex, pelo site ou mailto:eps@abrapex.com.br.
Na cidade de São Paulo, é possível obter informações pelo Alô Limpeza, no telefone 156.
Derivado do petróleo, o isopor é classificado como plástico, portanto deve ir para o coletor vermelho, que é a cor destinada aos recicláveis plásticos. 

Artigos Recomendado:

2 comentários:

Seus comentários podem ajudar a melhorar o blog e também podem ajudar outros leitores.
Comente e critique se preferir..
Entretanto, eles não entrarão imediatamente, eles serão moderados.
Isso para evitar que, eventualmente, apareçam comentários ofensivos no blog.
Contamos com a sua compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...