sábado, 25 de agosto de 2012

Poncho, pala, pala-poncho, bichará e capa. Entenda as diferenças.

Ponchos e Palas são vestimentas características da cultura Gaúcha. Dependendo da forma e do modo como são feitas elas recebem nomes diferentes, como bichará e capa. Veja as diferenças entre elas.

Os ponchos e as palas fazem parte das pilchas gaúchas.
Imagem cedida pelo blog Guia da Bombacha
by Telma M.
Você sabe o que é um Poncho? E Pala, você conhece? Os moradores do sul do Brasil sabem bem o que é.
Ponchos e Palas fazem parte da vestimenta característica do gaucho, povo tradicionalista e zeloso de sua cultura.
Poncho é um termo gaucho, enquanto Pala vem da cultura indígena, mas ambos servem para identificar a mesma peça.
Procurei juntar algumas informações encontradas em vários sites dedicados às vestimentas do gaucho para conhecermos um pouco do que esse povo se orgulha tanto.

Pala é uma peça retangular, com franjas nos quatro lados e listras no sentido do comprimento. Se for destinada para uso no inverno será feita de lã, se for feita em seda, serve para aliviar o calor. Nem sempre tem gola, em geral seu decote é apenas um corte vertical, mas se for destinada ao inverno, aí pode ter uma pequena gola, fácil de ser executada.

Esquema de uma Pala gaucha

Pala-poncho: de lã industrializada, retangular com cantos arredondados e com franjas.

Esquema de uma Pala-poncho gaúcho

Poncho: de lã grossa. Costuma ser azul escuro, circular ou oval. O poncho protege do frio e da chuva. Não tem franjas nem listas; a gola é alta, abotoada e há um peitilho na frente.

Esquema de um Poncho gaúcho

Bichará: É um pala feito em tear manual com lã de ovelha, quase sempre crua; é feito de dois panos, tecidos um de cada vez e costurados fora do tear, com abertura para a cabeça. Ultimamente temos "bichará" com gola em lã e até de pele. O Bichará, que é usado apenas no inverno, tem origem jesuítica e era usado pelos índios guaranis.

Esquema de um Bichará

Capa: a capa foi introduzida entre nós no começo do século XX, a partir da capa espanhola, aberta na frente, usada por cavaleiros em montarias.

Foto de um gaúcho com sua Capa.

Além dessas peças, há outras semelhantes, como o Bitango, um Pala curto, feito em algodão ou lã crua e o Poncho Pátria, industrializado em pura lã, forrado para uso em dias chuvosos ou frios.

No artigo “Poncho gaúcho sem gola feito em tear manual. ” você terá a noção de como fazer uma vestimenta desse tipo, utilizando um tear manual. 
Veja também como fazer uma peça inteira, sem costura no meio, em teares mais largos, no artigo "Poncho ou Pala gaúcho executado, no tear, sem emenda."
Bibliografia: Fagundes, Antônio - Indumentária Gaúcha – Editora Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, 1977.
Fontes: 1) Jornal Buenas Chê.
            2) Blog Guia da Bombacha.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Esta tudo explicado. As figuras cuidam de tirar qualquer dúvida. Eu não sabia nada disso agora e, visita a região não vou fazer tão feio, dando nome a coisas. Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir

Seus comentários podem ajudar a melhorar o blog e também podem ajudar outros leitores.
Comente e critique se preferir..
Entretanto, eles não entrarão imediatamente, eles serão moderados.
Isso para evitar que, eventualmente, apareçam comentários ofensivos no blog.
Contamos com a sua compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...