terça-feira, 8 de março de 2011

Sophia Loren. Revelações inéditas em sua Biografia Autorizada.

Conheça um pouco da vida de Sophia Loren, uma das mais belas atrizes do cinema. Através de uma biografia autorizada ela revela detalhes de sua vida privada, inclusive de seu casamento com o cineasta Carlo Ponti.

Sophia Loren, ontem e hoje.
Telma M.
Sophia Loren foi e ainda é uma das mulheres mais lindas do cinema. Com seus olhos amendoados e pele morena foi considerada a atriz mais amada e exuberante da história do cinema.
Agora, num livro autobiográfico ela narra os meandros de sua vida privada, inclusive os altos e baixos do seu casamento com o cineasta italiano Carlo Ponti.

Essa biografia autorizada de Sophia Loren, escrita pela jornalista Silvana Giacobini, chama-se “Sophia Loren. Uma vida de novela”.
No livro, com base nos testemunhos da própria atriz e de pessoas de seu convívio, a autora relata vários episódios interessantes.
Italiana, nascida em Roma aos 20 de setembro de 1934, com o nome verdadeiro Sophia Villani Scicolone, teve uma infância financeiramente difícil, mas ganhou fama em 1962 com o Oscar de melhor atriz no filme “Duas Mulheres” e o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes.
Sophia Loren quando jovem.

Sophia era filha de uma atriz do teatro de Variedades, Romilda Villani e de Riccardo Scicolone, um homem casado que não vivia com a mãe de suas duas filhas, Sophia e Maria.
Chegou a passar fome durante a segunda guerra, assim como muitos outros italianos, devido à falta de alimentos. Foi criada pelos avós e frequentou colégio religioso.

Casou-se com Carlo Ponti, diretor de cinema italiano, depois de conhecê-lo aos 17 anos. Loren e Ponti conheceram-se em 1953 durante o concurso Miss Roma. Ele, casado, com 39 anos e ela uma menina adolescente de 17. Uma diferença de 22 anos. Tiveram muitas dificuldades, pois em uma Itália conservadora e com uma forte moral católica essa história de amor foi um escândalo. Foram obrigados a mantê-la escondida. O divórcio era proibido e a união de ambos foi impossível durante anos. Muita gente era contra esse relacionamento, inclusive a mãe de Sophia.

O livro conta das dificuldades que teve Carlo Ponti para manter o relacionamento com Sophia. Ele usou grande parte de suas forças para não permitir contatos amorosos, dela, com os grandes astros da época, tais como Gary Grant e Peter Sellers.
Sobre Grant, Loren diz: “Cary Grant era alto e forte. Era um homem com olhar quente e terno ao mesmo tempo, que me fazia sentir protegida”
Sobre Peter Sellers: "Ele estava se separando de sua mulher e queria consolo. Ele me olhava com olhos de cachorro abatido e eu correspondia sua olhada com afeto. E isto era o suficiente para acalmá-lo".

Sophia Loren.

Sophia Loren ficou viúva em janeiro de 2007. Carlo Ponti faleceu, mas ficaram dois filhos, Carlo e Edoardo, ambos trabalham com cinema.
Em 1972 lançou seu primeiro livro sobre culinária “In the kitchen with love” e em 1998 lançou um segundo livro denominado “Sophia Loren’s Recipes and Memories”.
Em 1999 foi considerada a mulher mais bela, talentosa, e sensual dos últimos tempos pela revista “People”,
Em 2010, fez um filme para a televisão: “La mia casa è piena di specchi “( A minha casa é cheia de espelhos), onde interpreta Romilda Villani, sua mãe. 
Quem gosta de Sophia Loren tem,  nesse livro biográfico autorizado,  uma grande fonte de curiosidades, inéditas ou não.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Olá querida !!!

    Belíssimo postagem sobre esta mulher incrível e talentosa !!!
    Aproveitando a passagem por aqui, te aviso que lhe indiquei para um Meme Literário ( mas só participa quem quiser, ok )
    Beijossss

    ResponderExcluir

Seus comentários podem ajudar a melhorar o blog e também podem ajudar outros leitores.
Comente e critique se preferir..
Entretanto, eles não entrarão imediatamente, eles serão moderados.
Isso para evitar que, eventualmente, apareçam comentários ofensivos no blog.
Contamos com a sua compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...